GOOD SERVICE Consultoria de Negócios BADAJOZ Badajoz

Hospitais públicos fazem maioria dos atendimentos, mas privados estão a crescer

12/04/2019

Os hospitais públicos continuavam em 2017 a ser os que mais atendimentos, cirurgias e internamentos faziam, mas foi nos hospitais privados que a produção mais aumentou, segundo dados estatísticos divulgados hoje pelo Instituto Nacional de Estatística (INE).

A propósito do Dia Mundial da Saúde, que se assinala no domingo, o INE divulga esta sexta-feira alguns indicadores sobre a saúde relativos ao período entre 2007 e 2017.

No último ano analisado, os hospitais do Serviço Nacional de Saúde asseguravam mais de 80% dos atendimentos em urgência, mais de 70% de internamentos e cirurgias e cerca de 65% das consultas médicas.

"Todavia, tal como no ano anterior [2016], foi no conjunto dos hospitais privados que esta produção mais aumentou", refere o INE.

Os privados tiveram em 2017 um acréscimo de 3,6% de cirurgias, 4% de internamentos, 4,5% de consultas médicas e cresceram sobretudos nos exames e atos complementares, com mais 7,1%.